Cura através da Musicotanterapia

“… o som tem sua origem em uma vibração (tipo mecânico), ou seja, em um movimento, e este esta associado a uma energia. Esta energia sofre diversas transformações que facilitam sua descodificação para sermos capazes de percebe-las. Não somos equivocados, pois, quando dizemos que o som e a musica são vibração e energia. É toda uma realidade que nos mostra a física clássica.” (trecho do livro musica y neurociência)
Por Prem Suviro
Som produz musica, produz energia, ou qualquer outra ordem que você queira colocar essa sequencia, tanto faz, o mais importante considero é o fato de que musica e energia estão interligados. Nosso corpo todo é composto de material orgânico, vibrando em sintonias energéticas. Quando alguma sintonia energética de alguma área do nosso corpo é quebrada, algo acontece e sentimos essa quebra em forma de diversos sintomas, como desconfortos, depressão, ansiedade, ou qualquer outra enfermidade.
Do mesmo modo, quando potencializamos alguma vibração energética de modo mais harmônico com nosso campo, temos alegria, prazer, satisfação, coragem, e etc. Visto assim, fica obvio o poder terapêutico que a musica tem. Do mesmo modo como um massagista faz sua intervenção energética com toques, a musica pode também fazer o mesmo através de vibrações sonoras, gerando uma “massagem energética musical”.
Ja é sabido a respeito dos chakras, vórtices de energias que temos por todo o corpo, e como seus bloqueios podem afetar o funcionamento do mesmo. Cada chakra tem uma vibração em torno de uma frequência, tais frequência podem ser estimuladas através de musicas que se encaixem em determinado bloco de frequência que você queira estimular pra determinado vórtice.
Visto assim, podemos ir trabalhando com a pessoa conforme a demanda energética que ela possua desbloquear, produzindo sons pra determinada área a ser desobstruída. continua…
cura
Cura através da Musicotanterapia

algumas características e propriedades da musica…

A musica tem uma base matemática e se constrói a maneira de uma ciência e inclusive pode ajudar a desenvolver o pensamento lógico. Foi Pitágoras quem estabeleceu a relação entre a musica e a matemática, observando os distintos sons harmônicos nas notas musicais que se produziam segundo fosse tocado todo o comprimento de uma corda vibrante. Até o século XVII, era uma das disciplinas matemáticas que formavam o “Quadrivium”, junto com a aritmética, a geometria e a astronomia. É uma linguagem, um meio de expressão que alcança o mais intimo de cada pessoa.

A musica é capaz de influir e provocar determinados estados emotivos nos ouvintes: evoca recordações, infunde alegria, induz estados de relaxamento e serenidade, desperta nossa espiritualidade… são alguns dos efeitos que seguramente todos já experimentamos em alguma ocasião. Esta influencia tem sido objeto de estudos ao longo da historia da musica, e com base em sua aplicação, dentre tantos, pra tratamentos de transtornos depressivos e estados de agitação e ansiedade.

Outra se suas características é ser um forte instrumento de coesão social, nos une com o resto de um grupo, deixando mais fácil se produzir uma ação coletiva. Um clássico exemplo é o som da musica militar, as musicas religiosas (cerimonias e ritos).

Do livro que estou estudando: Musica y neurociência: la musicoterapia (Jordi A. Jauset Barrocal)

http://www.facebook.com/musicotanterapia

musica1

algumas características e propriedades da musica…

Sobre música…

… no Antigo Egito, os Hieróglifos que representavam a palavra “música” eram idênticos aos que representavam os estados de “alegria e bem-estar”. Curiosamente, em Japonês, a palavra música” está formada por ideogramas que significam “desfrutar do som”. Existe, pois, uma grande coincidência nos significados que tem sido mantidos através das eras. Em todos eles se alude ao fato que a musica resulta de uma percepção agradável dos sons, e que, ademais, produz um estado de prazer….

Quando escutamos uma musica que gostamos, se ativam determinadas substancias químicas no nosso organismo que atuam sobre nosso sistema nervoso central. Se estimula a produção de neurotransmissores como a dopamina, a ocitocina, a endorfina… obtendo um estado que favorece a alegria e o otimismo…

Do livro que estou estudando: Musica y neurociência: la musicoterapia (Jordi A. Jauset Barrocal)

http://www.facebook.com/musicotanterapia

musica

Sobre música…

conceitos usados na Musicotanterapia…

As palavras tem expressão que de um modo cognoscível, permite que emoções e sentimentos sejam desbloqueados nos indivíduos de modo a virem a tona, sobem a superfície, do mesmo modo que dependendo da emoção despertada também pode fazer reter dentro da pessoa a mesma energia que sairia de modo fluido. O importante é o conceito de vibração que se percebe que as coisas, palavras, objetos, em suma, qualquer coisa que assuma uma representatividade material no universo o tem. Vibração energética se da através da agitação de moléculas que num movimento qualquer, produz algum efeito, ou algum resultado.
Na musica essa vibração acontece também por meio de agitações moleculares, seja através de qualquer que seja o instrumento que for usado pra produzir tais vibrações.
Percebe-se que cada ritmo vibratorio desencadeia um efeito qualquer… percebemos que deitar-se sob uma arvore, numa tarde de sol e muito vento, ao ficar ouvindo os sons suaves das folhas tilintando umas nas outras, produzindo uma musicalidade peculiarmente fluida, harmônica, suave, produz-se um efeito calmante em qualquer pessoa, animal que deite-se la também… visto que no mesmo modo, num show de rock, com sons mais pesados, harmonias mais sintetizadas em um bloco distorcidos de sons, normalmente com velocidades rítmicas mais velozes, produz-se efeitos mais agitados, exigem raciocínios mais vorazes…
Unknown
facebook.com/musicotanterapia
conceitos usados na Musicotanterapia…

mais de Musicotanterapia…

… o importante é gradativamente ir seguindo um som qualquer que venha de qualquer um dos participantes… onde todos os outros vão seguindo o fluxo sonoro que alguém começou… onde a importância maior é o improviso… sendo um som complexo ou simples… mantendo atenção e respirando no movimento criado, criando um espaço de integração pra todos participarem…
O trabalho visa desde grupos até atendimentos individuais, lembre que o foco antes de mais nada é terapêutico. É incluído numa sessão técnicas de respiração e dinâmicas bio energéticas onde podemos acessar bloqueios energéticos afim de desfaze-los. A música se insere no contexto como um meio de expressividade por parte do terapeutizado.
Prem Suviro
musica
mais de Musicotanterapia…